Trabalho

Alex e Ariana

O casamento sobre a ótica da psicologia com base nos
conceitos já estudados.


Alex Oi gata, como você se chama?
Ariana Identidade
Alex Prazer, meu nome é Hedonista, pode me chamar de Hedônis
Que faz por aqui?
Ariana Procuro minha prima a Maturação, viemos juntas, mas aí ela encontrou a irmã dela a Maturidade e sumiram as duas.
Alex Humm...Tá a fim de um Lapso agora ou de um meio de Comunicação Primária mais intenso?
Ariana Não sei...acho melhor então um Simulacro, afinal estamos mesmo sozinhos antes que chegue a Percepção de risco.
Alex Seu nome mesmo é Ato falho?
Ariana Não...(risos) é Identidade
Alex Ok gata, acho melhor irmos pra outro lugar e partirmos para um método mais Catártico.
Ariana Você vai me Hipnotizar?
Alex ué...vai oferecer Resistência?
Ariana Um pouquinho só, só pra fazer de conta que estou te repreendendo, pra dar um gostinho mais interessante no Libido para a Fase oral.
Alex Hum sabe que sou meio Alocêntrico né..que meu Id é meio malucão, mais no fundo procuro uma gata que seja pura Projeção.

Depois de meses de encontro após um Behardorismo, Identidade resolveu fazer uma troca social com Hedonista, afinal já tinham se conhecido. Um dia porém...

Ariana Querido, estou com uma surpresa para você
Alex Humm..espero poder passarmos para fases mais Fálicas..afinal essa Latência me mata
Ariana É que estou com uma Dissonância cognitiva. Vou contar pra
Mamãe que estamos saindo juntos.
Alex Ah gata...que Era de Desencaixe é essa? Vamos fazer assim. Pegamos nosso Tríplice apego, motivamos geral, fazemos um Gestalt e dissimulamos pra sua velha...que acha?
Ariana Poxa Amor! Que Papel Sonhador é esse? Tenho Pirâmides de necessidades. Minha Dimensão do Eu precisa de casamento. Já estamos saindo há muito tempo e o poder Assertativo tem que ser agora. Não me venha com Subjetividades.
Alex Ok gata.....Como faremos?
Ariana Olha....na Joalheria tem algo que me trará um Gozo imaginário.
Alex Um significante?
Ariana Sim um verdadeiro Associacionismo.
Alex Imput. Sabe querida estou aqui pensando, será isso tudo um Determinismo psíquico?
Ariana Claro amor, casamento é isso, uma eterna Etnografia.
Alex Tudo bem....mas tem uma condição..
Ariana Sim qual é?
Alex Aquela sua mãe....a Psicanálise não vai morar com a gente não né?
Ariana Bem faremos para isso um Condicionante operante.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Trabalho Ana Paula e Junior

Tema escolhido: TV e doação de órgãos

Ao nascer a primeira mídia que faz parte de nossas vidas é a primária. Começamos a conhecer o mundo através da fala, do olfato, da visão, do paladar e da audição. Através da voz de nossos pais, do toque, do cheiro deles, um mundo desconhecido começa a ser desvendado. Na construção de nossa identidade, ao longo de nossas vidas, incorporam-se no processo as mídias secundárias e as terciárias.

Há alguns anos, no processo de nossa formação psicossocial, as mídias secundárias e, principalmente, as terciárias, passavam a fazer parte de nosso crescimento, resultando em uma disparidade do nosso desenvolvimento com a rapidez evolutiva do mundo em nossa volta. Hoje em pleno século XXI, sabemos da necessidade das mídias secundárias e terciárias estarem presentes em nossa formação desde os primeiros anos de vida.

Com o desenvolvimento tecnológico a comunicação ganhou um novo rumo, no qual atualmente, as pessoas convivem intensamente com a mídia terciária e atribuem a esta uma importância maior que as outras, esquecendo-se de como a mídia primária e secundária são importantes pra nós.

A mídia terciária exige um aparato de ambos os lados, ou seja, se utilizam de ferramentas para se comunicarem, onde o mais moderno não suprimi o mais antigo, ou seja, a mídia terciária não anula as mídias primárias e secundárias. São mídias com sistemas cumulativos e possuem em seu âmago a interação entre dois corpos e por isso é necessário enxergar os corpos como textos vivos não apenas no aspecto biológico, mas no semiótico também, ou seja, toda comunicação inicia-se em um corpo e termina em outro corpo por mais que se coloquem as máquinas à frente.

A mídia terciária tem o poder de mexer com o imaginário humano e dessa forma, se não forem bem usadas, podem ser prejudiciais para a formação humana, da mesma maneira, se forem bem usadas tem um imenso potencial para contribuem de maneira eficaz na formação do indivíduo e da sociedade.

A televisão, o cinema ou qualquer outra que use a combinação de palavras e imagens são ferramentas poderosas em criar padrões de comportamento, pois utilizam, para isso, a musicalidade das palavras e o encantamento das imagens. Dessa forma penetra profundamente no imaginário das pessoas, um aspecto negativo, mas se for explorada de forma positiva, torna-se uma arma eficaz para despertar a atenção da sociedade para problemas como o da falta de consciência da sociedade para a questão da doação de órgãos.

Somos bombardeados com campanhas e ações publicitárias, filmes, novelas, que mostram a realidade dramática de quem precisa de um transplante. Nesse sentindo a mídia funciona como uma geradora de esperança para aqueles que passam por esse tipo de necessidade, e tem se mostrado essencial para amenizar esse problema. A mídia é um importante meio para alertar as pessoas da necessidade em ser um doador e assim salvar outras vidas.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Trabalhos

Raissa Nascimento e Ubirajara Galvão




video

MIDIA E IDOSO: UMA RELAÇÃO FAVORÁVEL

Pesquisas apontam um crescente aumento na expectativa de vida do brasileiro. A população de idosos e aposentados vem aumentando nas ultimas décadas. O mercado, de olho nesse consumidor, desenvolve através da mídia uma nova concepção para o envelhecimento e aposentadoria.

A terceira idade que antes era sinônimo de invalidez e descanso agora está associada à atividade, lazer e consumo.

Novas formas de comportamento também estão sendo veiculadas pela mídia. Anteriormente pensávamos que os idosos passavam a idéia de invalidez, fraqueza e perda. Atualmente a mídia já muda radicalmente essa visão. São passadas idéias de que os idosos são saudáveis e ativos.

Essa nova imagem do idoso é reforçada pela mídia criando assim um novo segmento de consumidores importante para o mercado.

Nesse contexto, surge a política de gestão da velhice. Estudos e pesquisas sobre rejuvenescimento sustentam as indústrias de produtos estéticos, as academias de ginástica, que vendem seus produtos usando imagens associadas à juventude, vigor, beleza e um novo padrão de comportamento. O que antes era usado e praticado somente pelos jovens passa a ser adequado também pelo idoso de acordo com o mercado.

Há um grande mercado potencial de produtos específicos para a terceira idade, a industria e as mídias trabalham readequando os produtos e serviços que já existem para atender também os idosos.

A educação também está ganhando espaço para as pessoas da terceira idade. A maioria dos idosos não possuem renda adequável para concluir os estudos ou ingressar em alguma universidade. Para isso foram criados programas de incentivo, como Cursos Seniors, que permitem essa parte da população se unir aos demais.

Abrir possibilidades de acesso é fundamental, uma vez que, por meio das experiências de lazer o idoso aprenderá a gostar tanto do lazer como de si mesmo. Desta forma, faz-se necessário minimizar para o idoso as barreiras de acesso ao lazer buscando, neste trabalho, uma participação de todas as camadas da sociedade de diferentes sexos, idades e etnias.


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Aulas da Semana

FECHAMOS O CONTEUDO DE MÍDIA.

NA SEGUNDA APRESENTAMOS UM TRABALHO DE MIDIA SECUNDÁRIA NA QUAL TÍNHAMOS QUE ESCREVER UMA CARTA EM NOME DE UM RESTAURANTE COMO SE FOSSEMOS A ACESSORIA DE IMPRENSA DELE.

A SITUAÇÃO NÃO NOS PERMITIA PEDIR DESCULPAS NA CARTA, NEM TRANSMITIR CULPA PELOS PROBLEMAS OCORRIDOS.

ESPERAMOS TER IDO BEM...

SEXTA FERIADAOOOO
OOOO BELEZA

A JANETE NAO ME PASSOU O TRABALHO AINDA...

ESTOU NA ESPERA...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Dicas e Noticias



Segundo número da revista Gerais, de psicologia, está on line

sexta-feira, 6 de novembro de 2009, às 18h39

Está disponível o segundo volume de Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, periódico eletrônico que publica trabalhos inéditos em psicologia e áreas afins, na forma de relatos de pesquisa e artigos teóricos, além de resenhas, notas técnicas e relatos de experiência.

Alguns dos temas tratados nesse número são o impacto da interação de terapeuta e paciente na avaliação de resultados, ansiedade e depressão em adultos hospitalizados e possibilidades metodológicas para a psicologia social da ciência.

A edição da revista é fruto de convênio entre as universidades federais em Minas Gerais que mantêm cursos de graduação e pós-graduação em psicologia (além da UFMG, as universidades de Juiz de Fora, São João del-Rei e Uberlândia).

A revista recebe permanentemente propostas de trabalhos para publicação.


Fonte: UFMG

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

Atenção Galera...

TRABALHOS PARA O DIA 13 DE NOVEMBRO EM GRUPO...
ESCOLHER UMA MIDIA PRIMARIA PARA UMA FASE DA VIDA...

CRIANÇA
ADOLESCENTE
ADULTO
IDOSO E TALS... 5 PONTOS

TRABALHO PARA O DIA 23 DE NOVEMBRO...

EXPLICAREI NO PROXIMA POSTAGEM...

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments

VIDEO

ACESSEM O LINK ABAIXO PARA ASSISTIREM O ANIVERSARIO QUE FIZEMOS PARA A PROFESSORA...


http://www.youtube.com/watch?v=3Jp4HTcu7ww

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS
Read Comments